quinta-feira, 20 de abril de 2017

Quiz 7: PORTUGUÊS 3° ANO

Quiz 07: PORTUGUÊS 3° ANO
QUIZ 07: PORTUGUÊS 3° ANO

01
(MEC-CAED - ADF). Veja a figura abaixo.

Qual é o nome dessa figura?

A
B
C
D

    Alternativa "A".

(Fonte da resolução: ??.)


02
(MEC-CAED - ADF).

Marque a alternativa da frase que está escrita corretamente.

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


03
(MEC-CAED - ADF). Leia o texto abaixo.

Disponível em: https://www.elo7.com.br/ convites-para-festas-de- aniversario/dp/B56486. Acesso em: 17 dez. 2021.

Esse texto serve para

A
B
C
D

    Alternativa "C".

(Fonte da resolução: ??.)


04
(MEC-CAED - ADF). Leia o texto abaixo.

Disponível em: https://bit.ly/3ytkneS. Acesso em: 15 dez. 2021.

Nesse texto, as crianças ficaram assustadas porque

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


Leia o texto abaixo para responder as questões 05 e 06.

O TUBARÃOZINHO IZAEL

    Izael ficava ao lado de sua mamãe quando subia à superfície para buscar alimentos. Ele adorava sentir o sol bater em seu corpo num dia claro.

    Certa vez, seu papai o chamou para conversar:

    — Izael, todo tubarão tem que ser ameaçador, ter muita coragem e ficar sempre atento.

    Mas quando encontrava seus amiguinhos, Izael ficava muito alegre. Ele gostava de brincar com Tutu, um tubarãozinho bem travesso. Nadavam pra lá e voltavam pra cá, um atrás do outro [...]. Quanta energia!

    Aí, lembrando-se do que seu papai lhe dissera, Izael mostrou os dentes bem ameaçadores para Tutu. Ele queria brincar de caçador e o seu amiguinho seria a caça. Mas seu amiguinho Tutu não gostou e começou a chorar. A mamãe de Tutu ficou muito zangada [...] com Izael.

    Então, Izael aprendeu que deveria ser ameaçador só contra as criaturas do mar e pediu desculpas para Tutu. Depois, voltaram a brincar contente e muito felizes!

Uma História por dia. Blumenau: Todolivro Editora, 2013. Fragmento.

05
(MEC-CAED - ADF).

A personagem principal dessa história é

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


06
(MEC-CAED - ADF).

Nesse texto, Izael demonstrou estar

A
B
C
D

    Alternativa "A".

(Fonte da resolução: ??.)


07
(MEC-CAED - ADF). Leia o texto abaixo.

Papo-furado

    O dente da Ana estava mole — nheco, nheco — pra lá e pra cá. Mas como era um dente muito teimoso, não tinha jeito de cair. Nem amarrando linha, prendendo na porta e batendo com toda força — BUM — o danado se arrancava! Nem assim!

    O dente caiu quando ele bem quis, logo no primeiro dia de aula, quando Aninha comia uma bala puxa. Puxa vida! E era justo o dente da frente!

CARR, Stella. As confissões de Aninha. São Paulo: Moderna, 1977.

De acordo com esse texto, o dente de Ana caiu quando

A
B
C
D

    Alternativa "D".

(Fonte da resolução: ??.)


08
(MEC-CAED - ADF). Leia o texto abaixo.

A FESTA DA JARARACA

    A JARARACA PREPAROU

    UMA FESTA COM O PERU

    MAS O JACARÉ NÃO VAI,

    ESTÁ BRIGADO COM O URUBU.

   

    O JACARÉ ESTÁ CHATEADO,

    POIS PEGOU CATAPORA

    E A CORUJA PARA AGRADÁ-LO

    FEZ UM SUCO DE AMORA.

Disponível em: http://deixeimamaeepapai.blogspot .com/2013/03/a-festa-da-jararaca -parlenda-com-uso-do.html. Acesso em: 8 dez. 2021.

Nesse texto, as palavras que rimam são

A
B
C
D

    Alternativa "A".

(Fonte da resolução: ??.)


Leia o texto abaixo para responder às questões a seguir.

Por que o caranguejo tem garras?

    Os caranguejos usam suas garras para pegar os alimentos e parti-los. Elas também são usadas como armas para lutar com seus inimigos. Os machos têm garras maiores que as das fêmeas. A maioria dos caranguejos tem uma carapaça dura como armadura, para se proteger dos inimigos. Mesmo assim, costumam ser devorados por aves litorâneas, polvos e mamíferos como as focas e as lontras.

Como? Onde? Por quê?. Barueri: Girassol. 2007. p.128. *Adaptado para fins didáticos.

09
(MEC-CAED - ADF).

Esse texto serve para

A
B
C
D

    Alternativa "D".

(Fonte da resolução: ??.)


10
(MEC-CAED - ADF).

Qual é o assunto desse texto?

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


11
(MEC-CAED - ADF). Veja a figura abaixo.

https://myloview.com.br/adesivo- pirata-pe-no-bau-do-tesouro-no-385DF

Qual é o nome dessa figura?

A
B
C
D

    Alternativa "D".

(Fonte da resolução: ??.)


12
(MEC-CAED - ADF).

Marque a alternativa da frase que está escrita corretamente.

A
B
C
D

    Alternativa "D".

(Fonte da resolução: ??.)




Quiz 6: PORTUGUÊS 3° ANO

Quiz 06: PORTUGUÊS 3° ANO
QUIZ 06: PORTUGUÊS 3° ANO

Leia o texto abaixo para responder às questões 01 e 02.

Disponível em: https://bit.ly/3viDfdV. Acesso em: 3 set. 2020.

01
(MEC-CAED - ADF).

Nesse texto, o menino deixou de se encontrar com a menina, porque

A
B
C
D

    Alternativa "C".

(Fonte da resolução: ??.)


02
(MEC-CAED - ADF).

Esse texto serve para

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


03
(MEC-CAED - ADF). Veja a figura abaixo.

Qual é o nome dessa figura?

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


04
(MEC-CAED - ADF). Leia o texto abaixo.

Brincadeiras alternativas

    Em dias chuvosos, em vez de brincarem no quintal, Ronaldo e Diego ficavam dentro de casa.

    — Vamos jogar stop! — propôs Diego.

    — Mas o que é isso? — perguntou Ronaldo.

    — É simples: dizemos a palavra “stop” juntos e colocamos uma quantidade de dedos, contamos os dedos de acordo com as letras do alfabeto e, na letra que cair, cada um deve falar o nome de um objeto ou animal que comece com aquela letra. Quem não souber paga uma prenda — explicou Diego.

    Ronaldo adorou a ideia, e os meninos brincaram a tarde toda sem perceber o tempo passar.

180 histórias para ler e sonhar. São Paulo: Ciranda Cultural, 2020, p.87.

Onde acontece essa história?

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


05
(MEC-CAED - ADF). Veja a figura abaixo.

Qual é o nome dessa figura?

A
B
C
D

    Alternativa "A".

(Fonte da resolução: ??.)


06
(MEC-CAED - ADF). Leia o texto abaixo.

IMPRESSÃO DIGITAL

    Ainda na barriga da mãe o bebê já tem sua impressão digital definida. Isso acontece aos seis meses e a marca não mudará. Mesmo quando cortamos o dedo, a impressão é recomposta com as mesmas características. Quando tocamos qualquer objeto, as digitais ficam impressas por causa das gotículas de suor.

O Estado de S. Paulo, 5 set. 1998. Estadinho.

Esse texto serve para

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


07
(MEC-CAED - ADF).Leia o texto abaixo.

    Ana,

    Hoje eu tenho uma reunião no trabalho e quem irá buscar você na escola é o seu avô. Seja obediente e comporte-se! Amo você.

    Beijos, mamãe.

Esse texto é

A
B
C
D

    Alternativa "A".

(Fonte da resolução: ??.)


Leia o texto abaixo para responder às questões 08 e 09.

Fuzuê

    Uma barata saiu da garrafa onde morava.

    Uma aranha tão tatanha na parede escorregava.

    A lagartixa parada no teto tudo espiava.

    — Olha a barata!

    — Olha uma aranha!

    Chiiii! Confusão tamanha!

    Vassourada daqui.

    Vassourada de lá.

    Barata e aranha pra lá e pra cá. A barata, já pirada, para o buraco correu. Aranha pegou carona no fio da teia e se escondeu.

    A lagartixa amarela viu-se de um jeito apurado:

    — Vou saindo de fininho, que vai sobrar pro meu lado!

ALVES, Maria Elisa. Fuzuê. São Paulo: Geração Editorial, 2010.

08
(MEC-CAED - ADF).

Nesse texto, a lagartixa demonstrou ser

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


09
(MEC-CAED - ADF).

O que fez com que essa história acontecesse?

A
B
C
D

    Alternativa "C".

(Fonte da resolução: ??.)


10
(MEC-CAED - ADF). Veja a figura.

Qual é o nome do animal que você viu?

A
B
C
D

    Alternativa "A".

(Fonte da resolução: ??.)


11
(MEC-CAED - ADF). Leia o texto abaixo.

Como se fosse dinheiro

    Todos os dias Catapimba levava dinheiro para escola para comprar o lanche. Chegava no bar, comprava um sanduíche e pagava seu Lucas. Mas seu Lucas nunca tinha troco.

    Um dia, Catapimba reclamou de seu Lucas:

    — Seu Lucas, eu não quero bala, quero meu troco em dinheiro.

    — Ora, menino, eu não tenho troco. Que é que eu posso fazer?

    — Ah, eu não sei! Só sei que quero meu troco em dinheiro!

    — Ora, bala é como se fosse dinheiro, menino! Ora essa […].

ROCHA, Ruth. Como se fosse dinheiro: São Paulo: FTD, 2004. Fragmento.

O que Seu Lucas fazia para o menino?

A
B
C
D

    Alternativa "B".

(Fonte da resolução: ??.)


12
(AVALIA-BH). Leia a frase abaixo.

    Era uma vez uma vila chamada Orquestra, onde existiam quatro casas.

    Em cada casa morava uma família: a das Cordas, a das Madeiras, a dos Metais e a da Percussão.

    A das Cordas era a maior, tinha tantos violinos, violas, celos e contrabaixos que ninguém sabia dizer quantos moravam ali. Flautas, oboés, clarinetes e fagotes eram da Madeira. A família dos Metais era a menor, mas fazia um barulhão com suas trompas, trompetes, trombones e tubas.

    Por falar nisso, a da Percussão tinha mais de 15 membros, entre pandeiros, tambores e tímpanos. E toda a vila só funcionava bem porque o Maestro, uma espécie de síndico, cuidava da harmonia.

Disponível em: http://blogs.estadao.com. br/estadinho/page/130/. Acesso em: 30 jul. 2012.

De acordo com esse texto, na casa das Cordas moravam os

A
B
C
D

    Alternativa "D".

(Fonte da resolução: ??.)




sábado, 1 de abril de 2017

Quiz 5: PORTUGUÊS 3° ANO

Quiz 05: PORTUGUÊS 3° ANO (Ens. Fundamental)
Quiz 05: PORTUGUÊS 3° ANO (Ens. Fundamental)

01
(SAEMI - PE). Veja a figura abaixo.

Qual é o nome dessa figura?

A
B
C
D


02
(SEDUC-GO). Leia o texto e responda.

Organizando as palavras (buraco, o, fundo, é) você terá como resultado a frase

A
B
C
D


03
(SAEMI- PE). Leia o texto abaixo.

Disponível em: http://migre.me/fvSsq. Acesso em: 17 jul. 2013.

Esse texto serve para

A
B
C
D


04
(SEDUC-GO). Leia o texto abaixo e responda.

O pato

Vinicius de Moraes / Toquinho / Paulo Soledade

    Lá vem o pato Pata aqui,

    pata acolá Lá vem o pato

    Para ver o que é que há

    O pato pateta

    Pintou o caneco

    Surrou a galinha

    Bateu no marreco

    Pulou do poleiro

    No pé do cavalo

    Levou um coice

    Criou um galo

    Comeu um pedaço

    De jenipapo

    Ficou engasgado

    Com dor no papo

    Caiu no poço

    Quebrou a tigela

    Tantas fez o moço

    Que foi pra panela

MORAES, Vinicius de. A arca de Noé: Poemas infantis. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 1991.

Quem foi pra panela?

A
B
C
D


05
(SEDUC-GO). Leia o texto abaixo e, a seguir, responda:

No Reino Perdido do Beleléu

    Dizem que todas as coisas perdidas vão para o Beleléu. Não sei onde fica esse lugar, mas que ele existe, existe. Já ouvi muita gente grande dizer sempre que perde alguma coisa e não acha mais:

    “Foi para o Beleléu”.

    Eu conheci um menino que foi para lá.

    Chamava-se Zé Léo e um dia sumiu de casa. Só o irmão dele, o Valdomiro, não estranhou o sumiço, pois tudo o que era do Zé Léo não sumia...Sumiam o lápis, os livros, os brinquedos.

    Ia tudo para o Beleléu.

    Só faltava mesmo o Zé Léo ir para lá.

PENTEADO, M. H. No reino perdido do Beleléu. S. Paulo: Ática, 1983, p.4.

No trecho “ia tudo para o Beleléu. Só faltava mesmo o Zé Léo ir para lá.” a palavra está no lugar de

A
B
C
D


06
(SARAIVA). LEIA ESTE BILHETE:

PARA QUEM RICARDO ESCREVEU O BILHETE.

A
B
C
D


07
(SEDUC-GO). Leia o texto abaixo e responda.

Copyright©1999. Mauricio de Sousa Produções: Ltda. Todos os direitos reservados.

Essa historinha é engraçada porque

A
B
C
D


08
(SAEMI - PE). Leia o texto abaixo.

Por que as estátuas não são pintadas?

    Existem estátuas de vários materiais, e algumas podem ser pintadas sim!

    A pintura depende da criatividade do autor da estátua. Alguns preferem pintá-la e outros a deixam sem nada.

    O material usado também é levado em consideração, pois bronze, pedra e mármore, geralmente, não levam tinta.

    Já obras feitas de argila ou de madeira podem receber pintura. Além disso, muitos monumentos públicos não são coloridos para facilitar a manutenção.

    Imagine o trabalhão que daria cuidar da pintura de todas as estátuas e esculturas que ficam expostas ao vento, ao Sol e à chuva!

ZANELATO, Déborai et al. Disponível em: http://www.recreio.com.br/fique-ligado/ por-que-as-estatuas-nao-sao-pintadasr. Acesso em: 15 abr. 2013.

Qual é o assunto desse texto?

A
B
C
D


09
(PROALFA). Veja a cena abaixo.

As serpentes

    Existem cerca de 3 mil espécies de cobras no mundo. Uma delas é a serpente.

    As serpentes vivem de muitos jeitos. Umas preferem comer, passear e namorar durante o dia, outras à noite. Algumas vivem no chão, outras nas árvores, embaixo da terra ou na água.

    As serpentes mostram a língua para sentir odores que estão no ar. Elas sentem estes odores pelas duas pontinhas da sua língua.

Disponível em: http://recreionline.abril.com.br/fique_dentro /ciencia/bichos/conteudo_49387.shtml?/ vc_sabia/vocesabia_49341.shtml. Acesso em: 21 jul. 2010.

Nesse texto, o trecho que dá uma ideia de lugar é

A
B
C
D


10
(Sec. Mun. Educ. RJ).

    Lavar as mãos com sabão, secá-las com papel descartável, cobrir a boca e o nariz com papel descartável são medidas simples de higienização, que cada pessoa pode fazer para evitar ou minimizar o contágio pelo vírus da gripe e contribuir com a saúde individual e coletiva.

Leia o texto acima e marque a opção correta. O texto fala sobre:

A
B
C
D


11
(Sec. Mun. Educ. RJ). Leia o fragmento abaixo e marque a opção correta.

    ... o diálogo e o repasse de informações adequadas são muito importantes para a formação das crianças e para a conscientização de que todos nós devemos cultivar hábitos de higiene diariamente, como forma de nos prevenirmos de diversas doenças...

O texto fala sobre:

A
B
C
D


12
(Sec. Mun. Educ. RJ). Leia o texto abaixo.

SOUZA, Maurício de. Bidu. Rio de Janeiro: Globo, nº 23,1999. p.162

O menino ficou chateado porque o cachorrinho

A
B
C
D




Quiz 4: PORTUGUÊS 3° ANO

Quiz 04: PORTUGUÊS 3° ANO (Ens. Fundamental)
Quiz 04: PORTUGUÊS 3° ANO (Ens. Fundamental)

01
(SAEMI). Quais os nomes das figuras terminam com a mesma sílaba (pedaço).
A
B
C
D


02
(SARAIVA). VEJA O ANIMAL DESENHADO A SEGUIR.

QUAL PALAVRA ESTÁ ESCRITO O NOME DELE CORRETAMENTE.

A
B
C
D


03
(SAEMI- PE). Leia o texto abaixo.

FLEMING, C. João o esperto, leva o presente certo. São Paulo: Farol, 2010. s/p.

Este texto serve para

A
B
C
D


04
(SEDUC-GO). Leia o texto abaixo e responda.

    O pato perto da porta

    O pato perto da pia

    O pato longe da pata

    O pato pia que pia.

    O pato longe da porta

    O pato longe da pia

    O pato perto da pata

    É um pato que nem pia.

In: Eloí Elisabet Bocheco. Poesia Infantil – O abraço mágico. Chapecó: Argos, 2002. P. 106.

O pato perto da pata fica

A
B
C
D


05
(SEDUC-GO). Leia a tirinha abaixo e, a seguir, responda.

Aves em perigo

    Ainda que sejam inúmeras, as aves da mata Atlântica também correm perigo. Sem as árvores, elas não podem sobreviver. Há mais de oitenta espécies de aves nativas dessa floresta em risco de extinção. Entre elas, estão o tucano-de-bico-vermelho, o beija-flor-de-orelha-azul e a jacutinga.

Revista Recreio. São Paulo, Abril

Na expressão “elas não podem sobreviver”, a palavra elas substitui

A
B
C
D


06
(SEDUC-GO). Leia a tirinha abaixo e, a seguir, responda.

Texto I

Aves em perigo

    Ainda que sejam inúmeras, as aves da mata Atlântica também correm perigo. Sem as árvores, elas não podem sobreviver. Há mais de oitenta espécies de aves nativas dessa floresta em risco de extinção. Entre elas, estão o tucano-de-bico-vermelho, o beija-flor-de-orelha-azul e a jacutinga.

Revista Recreio. São Paulo, Abril

Texto II

Aves sem abrigo

    “Muitas vidas correm perigo,

    Aves sem abrigo

    Tentam sobreviver na destruição,

    Ameaçadas de extinção.”

Revista Recreio, São Paulo, Abri, 2000.

Sobre os dois textos acima, podemos afirmar que

A
B
C
D


07
(SEDUC-GO). Leia o texto abaixo e, a seguir, responda.

No último quadrinho, as letras grandes e a expressão do menino indicam que ele está

A
B
C
D


01
(SEDUC-GO). Leia o texto e, a seguir, responda.

Você sabia?

    Existem sete espécies de tartarugas marinhas e cinco delas são encontradas no Brasil. A maior parte vive em regiões de clima quente, pois depende do calor externo para equilibrar a temperatura do corpo.

    Só as fêmeas saem da água para colocar seus ovos na areia.As tartarugas, ao nascer, saem dos ovos, escavam até chegar à superfície da areia e correm em direção ao mar.

    As tartarugas-de-couro são as maiores. Elas alcançam até 800 quilos e 1 metro e 80 centímetros de comprimento.

Revista recreio. Ano 7, nº 358.18 de janeiro de 2007.

O assunto do texto é

A
B
C
D


09
(SAEMI- PE). Leia o texto abaixo.

Nas ruas do Brás

    Como as casas em que viviam as famílias eram pequenas, as crianças do Brás passavam o dia soltas. Minha irmã, como as outras meninas, não ia para longe do portão: brincava de boneca no quintal e de amarelinha na calçada, pulava corda com as amigas e às vezes jogava bola comigo, mas minha mãe não gostava disso; dizia que não era brincadeira de menina. Eu tomava café, corria para a rua e só voltava para comer; vivia alucinado atrás da bola. Ainda mais que o campo era bem em frente de casa, na calçada da fábrica do seu Germano, um alemão forte e bravo.

    Bola de couro ninguém tinha, jogávamos com aquelas pequenas de borracha que pulam feito cabrito. Quando estouravam, fazíamos outra com meia velha e jornal amassado, ótimas para bater pênalti na calçada. As partidas só paravam quando as mães chamavam para dentro.

DRAUZIO , Varella. Nas ruas do Brás. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2003.Fragmento.

Nesse texto, qual é o trecho que dá ideia de lugar?

A
B
C
D


10
(SARAIVA). ONDE ESTÁ ESCRITA A PALAVRA QUE RIMA COM PETECA.
A
B
C
D


11
(SAEMI - PE). Leia o texto abaixo.

    Os brigadeiros foram criados no Brasil logo depois da segunda guerra mundial. Na época, era quase impossível arranjar leite fresco, ovos, amêndoas e açúcar para os doces. Aí alguém descobriu que a mistura de leite condensado e chocolate dava um doce gostoso. O nome foi uma homenagem ao brigadeiro Eduardo Gomes, político e candidato à Presidência.

Disponível em: http://www.hannabrasil.com/noticias- artigos-e-dica-do-mes/artigos/306 -curiosidades-sobre-alimentos-2. Acesso em: 6 nov. 2011. Fragmento.

Qual é o assunto desse texto?

A
B
C
D


12
(SAEMI - PE). Leia o texto abaixo.

O ossinho da sorte

    Temos frango no almoço de domingo? Então é uma boa ocasião para se tirar a sorte. O nome daquele ossinho em forma de forquilha que se encontra no peito da ave é a fúrcula. Duas pessoas seguram cada uma das pontas da forquilha e pensam num desejo. Aí puxam com força até o osso quebrar.

    Quem ficar com o pedaço mais comprido terá seu desejo realizado.

DUARTE, Marcelo. O guia dos curiosos. São Paulo: Cia das Letras, 1995. p. 152.

Qual é o assunto desse texto?

A
B
C
D