sexta-feira, 3 de julho de 2020

D20 - Quiz por descritor - Port. 3ª Série

Quiz D20: PORTUGUÊS - ENSINO MÉDIO
D20: PORTUGUÊS - 3º Série - Ensino Médio

D20: Reconhecer diferentes formas de tratar uma informação na comparação de textos que tratam do mesmo tema em função das condições em que ele foi produzido e daquelas em que será recebido.

01
(SEDUC-GO).

Leia os textos e, a seguir, responda.

Texto I

CARTA

(fragmento)

    A terra não pertence ao homem; é o homem que pertence à terra. Disso temos certeza. Todas as coisas estão interligadas, como o sangue que une uma família. Tudo está relacionado entre si. O que fere a terra fere também os filhos da terra. Não foi o homem que teceu a trama da vida: ele é meramente um fio da mesma. Tudo que ele fizer à trama, a si próprio fará.

Carta do cacique Seattle ao presidente dos EUA em 1855. Texto de domínio público distribuído pela ONU.

Texto II

DICIONÁRIO DE GEOGRAFIA

    Segundo o geógrafo Milton Santos: “o espaço geográfico é a natureza modificada pelo homem através do seu trabalho”. E “o espaço se define como um conjunto de formas representativas de relações sociais do passado e do presente e por uma estrutura representada por relações sociais que estão acontecendo diante dos nossos olhos e que se manifestam através de processos e funções”.

GIOVANNETTI, G. Dicionário de Geografia. Melhoramentos, 1996.

Os dois textos diferem, essencialmente, quanto

A
B
C
D
E


02
(SEDUC-GO).

Leia os textos e, a seguir, responda.

Texto I

Texto II

Meditação

    Para meditar,

    o homus modernos ocidentalis

    cruza as pernas

    deixa as costas eretas

    os braços relaxados

    concentra a atenção num

    ponto e assim imóvel

    em pensamento e ação

    liga a televisão.

Ulisses Tavares

A ideia expressão na tirinha é reforçada no poema pela ação de

A
B
C
D
E


03
(SEDUC-GO).

Leia os textos e, a seguir, responda.

Texto I

Texto II

    A regra geral básica da conversação é: fala um de cada vez. Pois, na medida em que nem todos falam ao mesmo tempo (em geral um espera o outro concluir) e um só não fala o tempo todo (os falantes se alternam), é sugestivo imaginar a distribuição de turnos entre os falantes como um fator disciplinador da atividade conversacional.

Luiz Antônio Marcuschi

Comparando os dois textos, percebe-se que

A
B
C
D
E


04
(SEDUC-GO).

Leia os textos e, a seguir, responda.

Texto 1

Internet é coisa do passado

    Para especialistas, humanos estarão cada vez mais integrados com tecnologia.

    Não, um futurista não é alguém que veio do futuro para nos prevenir a respeito do domínio das máquinas e o início de uma guerra sem fim. Muito pelo contrário, Tiago Mattos é multiempreendedor, educador, palestrante e formado pela Singularity University como futurista e seu trabalho é entender que tendências a tecnologia está seguindo.

    Depois da internet, segundo as discussões da Singularity, três novas revoluções em curso ditam as tendências do futuro próximo: Genética/Biotecnologia, Nanotecnologia e Robótica/Inteligência Artificial. Mattos explica que, os anos de 1980 foram transformados pela computação, os 1990 pela internet e os 2000/2010.

    viveram o advento dos sensores e da Internet das Coisas, agora, o momento já é outro.

    As interações entre os objetos e os humanos devem se intensificar e se complexificar. “Este é um processo irreversível. Se já temos smartphone, SmarTVs... as coisas ficarão cada vez mais ‘espertas’ e nós, humanos, somos apenas mais uma dessas coisas”, afirma Tiago.

Disponível em: http://super.abril.com.br/tecnologia/i nternet-e-coisa-do-passado>. Acesso em: 11 jun. 2018 (adaptado).

Texto 2

A internet em 100 anos: previsões para o futuro da rede

    Nós somos um com a rede: o transumanismo.

    É impossível discutir as implicações da internet no futuro sem pensarmos também em transumanismo. Este conceito, cada vez mais presente e importante para futuristas e filósofos que pensam no porvir fala sobre um momento em que nós conseguiremos usar a tecnologia para superar a condição humana básica, ou seja, não estamos falando aqui somente de implementos cibernéticos, mas também de biotecnologia, neurotecnologia e até mesmo nanotecnologia.

    [...]

    Em termos objetivos, os transumanistas visam ao aumento da inteligência e das capacidades humanas além do prolongamento indefinido do nosso tempo de vida através das tecnologias para eliminação do envelhecimento, visando a imortalidade. É impossível não pensar as implicações que a evolução da internet vai ter nestes avanços quando pensamos que dentro de poucos anos estaremos sendo implementados por acessórios capazes de se conectar a ela.

    [...]

Disponível em: http://www.tecmundo.com.br/internet/59 239-internet-100-anospreviso esfuturo-rede.htm>. Acesso em: 11 jun. 2018 (adaptado).

Comparando os textos 1 e 2 em relação à temática, percebe-se que eles são

A
B
C
D
E


05
(SEDUC-GO).

Leia os textos e, a seguir, responda.

Texto I

Disponível em http://www.radiosentinela.com.br ?preserve-ambiental-e-zoni-lancam- campanha-para-coleta-de-oleo. Acesso em 19/06/2015.

Texto II

Bola gigante de gordura e papel higiênico é removida do esgoto de Londres

A estrutura tinha 10 toneladas e 40 metros de diâmetro

    Uma estrutura enorme feita de gordura e papel higiênico congelados foi removida do esgoto de Londres. O negócio era tão pesado e gigantesco que quebrou o encanamento da região de Chelsea, causando um prejuízo de 400 mil libras. A bolota foi apelidada de 'fatberg' — mistura de iceberg com 'fat' (que, em inglês, significa gordura).

    "Vemos bloqueios feitos do mesmo material o tempo todo em residências — mas eles são do tamanho de uma bola de cricket, no máximo", afirma Stephen Hunt, o supervisor de manutenção da empresa responsável pelo esgoto da região, a Thames Water. "O encanamento está tão danificado pela gordura que precisamos substituir vários metros".

    Apesar de um fatberg dessa dimensão ser raro, as estruturas estão se tornando um problema constante nos esgotos de Londres. Isso porque a capital inglesa produz cerca de 44 milhões de litros de óleo por ano — e uma boa parte dessa substância vai pelo ralo, literalmente. Lá, encontra papel higiênico descartado pelas privadas e acontece a formação dos fatbergs. Pesquisas mostram que uma em cada cinco pessoas admite dar descarga no papel higiênico, contribuindo para a criação dessas massas. Lembrando que, além de serem péssimas para o meio ambiente, prejudicando o tratamento do esgoto, elas também aumentam as chances de que aconteçam alagamentos (não de água cristalina) nas casas.

    E vale lembrar que esse fatberg nem é o maior registrado. Em 2013, uma bola de 15 toneladas foi encontrada em Kingston e, no ano passado, trabalhadores precisaram lidar com um fatberg de 80 metros.

    Da próxima vez em que for descartar seu papel higiênico ou for jogar o óleo da cozinha pela pia, pense no monstro que você pode ajudar a criar.

Disponível em http://revistagalileu.globo.com /Ciencia/Meio-Ambiente/noticia/2015/ 04/bola-gigante-de-gordura-e-papel -higienico-e-removida-do-esgoto -de-londres.html. Acesso em 19/06/2015

Os dois textos tratam

A
B
C
D
E


06
(SEDUC-GO).

Leia os textos e, a seguir, responda.

TEXTO I

    É evidente que a vitamina D é importante — mas como obtê-la? Realmente, a vitamina D pode ser produzida naturalmente pela exposição à luz do sol, mas ela também existe em alguns alimentos comuns. Entretanto, como fonte dessa vitamina, certos alimentos são melhores do que outros. Alguns possuem uma quantidade significativa de vitamina D, naturalmente, e são alimentos que talvez você não queira exagerar: manteiga, nata, gema de ovo e fígado.

Disponível em: http://www.vestibulandoweb.com.br/enem/ prova-enem-amarela-2013-2dia.pdf>. Acesso em: 15 maio 2017.

TEXTO II

    Todos nós sabemos que a vitamina D (colecalciferol) é crucial para sua saúde. Mas a vitamina D é realmente uma vitamina? Está presente nas comidas que os humanos normalmente consomem? Embora exista em algum percentual na gordura do peixe, a vitamina D não está em nossas dietas, a não ser que os humanos artificialmente incrementem um produto alimentar, como o leite enriquecido com vitamina D. A natureza planejou que você a produzisse em sua pele, e não a colocasse direto em sua boca.

    Então, seria a vitamina D realmente uma vitamina?

Disponível em: http://www.vestibulandoweb.com.br/enem /prova-enem-amarela-2013-2dia.pdf>. Acesso em: 15 maio 2017.

Comparando os dois textos, constata-se que o Texto II contrapõe-se ao I por

A
B
C
D
E


07
(SAEPE).

Leia os textos abaixo e responda.

Texto 1

Gregos estão em estado de alerta

    ATENAS. O primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras, disse ontem que a sociedade do país está a ponto de desintegrar devido ao endividamento, ao desemprego e ao extremismo criado pela crise da dívida pública. [...]

    Ele afirmou que o momento econômico é o maior desafio à democracia grega e destacou o risco crescente provocado pela alta do desemprego no país. “Por causa das medidas de austeridade os gregos perderam em cinco anos mais de um terço de sua qualidade de vida”, disse. Devido a isso, forças radicais, como o partido neonazista Aurora Dourada, ganharam força na política nacional, o que é motivo de preocupação para o primeiro-ministro.

    Perguntado sobre a chanceler alemã, Angela Merkel, Samaras afirmou que ela sempre será bem-vinda na Grécia, mas se mostrou contrário ao ministro das Finanças, Philipp Rösler.

    [...] A chefe de Governo da Alemanha deverá apoiar o estímulo reformista do governo grego. Trata-se de uma visita normal durante a qual os principais temas de discussão serão a situação na Eurozona e as relações bilaterais entre os países.

Disponível em: http://diariodonordeste.globo. com/materia.asp?codigo=1189637>. Acesso em: 6 fev. 2012. Fragmento.

Texto 2

A crise do Euro

    A indisciplina fiscal e o descontrole das contas públicas em países da zona do euro, em particular na Grécia, arrastaram o bloco para uma crise financeira sem precedentes. Após a revelação de que os gregos maquiavam seu nível de endividamento, títulos soberanos de diversos países da zona do euro foram rebaixados pelas agências de risco, e a moeda comum caiu ao nível mais baixo em quatro anos. Para tirar a Grécia do buraco, União Europeia e FMI impõem um duro e impopular plano de austeridade, a que condicionam o socorro financeiro.

Disponível em: http://veja.abril.com.br /tema/crise-do-euro>. Acesso em: 6 fev. 2012.

Sobre a Grécia, esses textos apresentam informações

A
B
C
D
E


08
(PAEBES).

Leio os textos abaixo.

Texto 1

Olhos Verdes

    [...] Como se lê num espelho

    Pude ler nos olhos seus!

    Os olhos mostram a alma,

    Que as ondas postas em calma

    Também refletem os céus;

    Mas, ai de mim!

    Nem já sei qual fiquei sendo

    Depois que os vi! [...]

DIAS, Gonçalves. Poemas. Rio de Janeiro: Ediouro. 1997.

Texto 2

    A leitura do mundo precede a leitura da palavra, daí que a posterior leitura desta não pode prescindir da continuidade da leitura daquele (A palavra que eu digo sai do mundo que estou lendo, mas a palavra que sai do mundo que eu estou lendo vai além dele). [...] Se for capaz de escrever minha palavra estarei, de certa forma, transformando o mundo. O ato de ler o mundo implica uma leitura dentro e fora de mim. Implica na relação que eu tenho com esse mundo.

FREIRE, Paulo. Abertura do Congresso Brasileiro de Leitura. Campinas. Nov. 1981. Fragmento.

Um aspecto comum a esses dois textos é

A
B
C
D
E


09
(SAEPE).

Leia os textos abaixo e responda.

TEXTO 1

Graduação

    Para ingressar no mercado, o perito forense computacional (não se assuste, é assim que um caçador de hackers é chamado oficialmente) precisa ter algum curso superior completo. Mas, como a profissão é nova, ainda não existem faculdades específicas. Ou seja, vale formação superior em qualquer curso. Mas, claro, algumas formações podem lhe dar conhecimentos mais adequados. Engenharia eletrônica e ciências da computação garantem boas ferramentas técnicas e direito ajuda muito na hora de produzir laudos que, em seguida, são analisados por juízes e advogados.

TEXTO 2

Onde trabalhar

    O perito tem quatro possibilidades de emprego:

    • ser contratado por uma empresa de consultoria, que é chamada quando pinta um problema em outra empresa;

    • ser perito da Polícia Federal ou Estadual, que mantém seu próprio corpo de especialistas;

    • ser autônomo e ser convocado pelo juiz de um tribunal ou por alguma pessoa ou empresa para trabalhar num caso específico;

    • trabalhar em uma empresa para fazer segurança virtual preventiva. Ou seja, proteger os sistemas antes de serem atacados por hackers.

Mundo Estranho, São Paulo: Abril, ed.48, fev. 2006, p. 22.

Comparando-se esses textos, pode-se afirmar que os dois

A
B
C
D
E


10
(SAEPE).

Leia os textos abaixo e responda.

Texto 1

Entregue elevador da prefeitura

    O prefeito de Nova Odessa e autoridades inauguraram hoje o elevador panorâmico para PNEs (Portadores de Necessidades Especiais), idosos, gestantes e pessoas com difi culdades de locomoção. Em seguida, cadeirantes usaram o elevador para conhecer o piso superior do prédio público. [...]

    O novo elevador tem capacidade de carga de 215 quilos, ou duas pessoas. A cabine tem 1,30 por 0,90 metro, porta deslizante automática de quatro folhas (abertura central), com 90 centímetros de largura, além de piso revestido por borracha sintética e botões em braile.

    “Estamos realizando uma inauguração simples, mas que tem um grande signifi cado, principalmente para os usuários do novo elevador. Acessibilidade é algo sério e nós, como servidores públicos, temos que estar atentos às obras necessárias. Com este elevador, poderemos cobrar que qualquer prédio, seja comercial ou residencial, com mais de um andar, tenha um elevador, para garantir o acesso de todos.”, disse Samartin.

    “Ter um elevador no Paço Municipal não é uma conquista apenas para os defi cientes físicos, e sim para todos que têm difi culdades de locomoção. Só nós sabemos as difi culdades que encontramos. As pessoas que andam, veem um elevador e o acham algo normal, não sabem a difi culdade que as barreiras arquitetônicas nos impõem. Para nós, um degrau com alguns centímetros já é considerado uma barreira”, disse o presidente da APNEN (Associação dos Portadores de Necessidades Especiais de Nova Odessa). [...]

Disponível em: http://www.walterbartels.com/ print_noticia.asp?id=8239>. Acesso em: 16 mar. 2012. Fragmento.

Texto 2

Disponível em http://www.cvi.org.br/cartum -porta-estreita.asp>. Acesso em: 16 mar. 2012.

A informação comum a esses dois textos é

A
B
C
D
E


11
(SARESP).

Leia os textos abaixo.

Texto I

DAS PEDRAS

    Ajuntei todas as pedras

    que vieram sobre mim.

    Levantei uma escada muito alta

    e no alto subi.

    Teci um tapete floreado

    e no sonho me perdi.

    Uma estrada,

    um leito,

    uma casa,

    um companheiro.

    Tudo de pedra.

    Entre pedras cresceu a minha poesia.

    Minha vida...

    Quebrando pedras

    e plantando flores.

    Entre pedras que me esmagavam

    Levantei a pedra rude

    dos meus versos.

(Cora Coralina, Meu livro de cordel)

Texto II

    Você acabou de ler o poema Das pedras, de Cora Coralina.

    Leia também os seguintes versos, escritos por outro poeta, Carlos Drummond de Andrade:

    No meio do caminho tinha uma pedra

    tinha uma pedra no meio do caminho

    tinha uma pedra

    no meio do caminho tinha uma pedra.

(Carlos Drummond de Andrade, Alguma poesia)

Se compararmos esses versos de Drummond aos de Cora Coralina, veremos que, nos dois poemas, foi usada a imagem da pedra para simbolizar

A
B
C
D
E


12
(SAEPE).

Leia os textos abaixo.

Texto 1

Sobre o heroísmo e seu significado na sociedade contemporânea

    Todos nós temos fascínio por pessoas que agregam à sua condição prefixos superlativos: superdesportista, megaempresário. Comuns mortais que somos, mitificamos aqueles que representam o que gostaríamos de ser em força, inteligência, beleza, generosidade, desapego.

    Nem todo mito, porém, destaca-se por feitos dignos de se tornarem roteiro para o cinema. Ações heroicas ocorrem cotidianamente, na maioria das vezes de forma anônima e silenciosa. Pais que sacrificam sonhos para dar aos filhos uma boa formação; filhos que adiam planos para tornar a velhice de seus pais menos dolorosa são singelos exemplos de heroísmo doméstico. [...]

    E por que atos heroicos nos encantam e surpreendem? Talvez porque nos mobilizemos mais com o bem do que com o mal; talvez porque os finais felizes, como nos contos de fadas, estejam em nosso DNA. Ou, quem sabe, porque estejamos tão brutalizados pela crueza da realidade, que gestos que a contrariem representem a esperança de que necessitamos para continuar acreditando em nossa humana condição.

    De todo modo, em cada um de nós mora um herói em potencial que, sem capa ou escudo mágico, pode fazer a diferença usando apenas coração e mente.

Disponível em: http://www.pucrs.br/provas/red101b1.htm>. Acesso em: 10 dez. 2014. Fragmento.

Texto 2

Disponível em: http://1.bp.blogspot.com/-H42KfDGRacM/ UFOhnopw7AI/AAAAAAAAA0Q/GVPvZla wcXI/s1600/tira29.gif>.Acesso em: 10 dez. 2014.

Esses textos têm em comum a referência

A
B
C
D
E






Nenhum comentário:

Postar um comentário